Wagner Pensa Hirata

Love and Bike Lifestyle

Arquivo para o mês “fevereiro, 2010”

Vaidade

Hoje, 21/02/10, Fantástico TV Globo.

Reportagem sobre maquiagem em crianças.

Crianças de 8 anos usando maquiagem e salto alto.

Sem observar a importância moral dessas atitudes o canal de TV oberva os prejuízos físico do uso de maquiagem e salto alto. As reações químicas das maquiagens podem proporcionar e a mau desenvolvimento ósseo ocasionado pelo uso na infância.

Sem observar os riscos de uma deformidade nos valores dessas crianças colocando a vaidade, o culto ao corpo, a valorização da estética como prioridade e não da formação moral e intelectual. Mas esse é o jornalismo imparcial e sem vícios. Mostrar e não educar, afinal o único canal que tem esse propósito e a TV Cultua de e as TVE`s. O propósito de todos os outros canais é divertir, sem obrigações morais e educativas.

Mas é o que deve se esperar de um tipo de mídia que vive de imagem, do ideal do corpo e aparência, e não do desenvolvimento intelectual e humano.

Isso não é isolado desse canal, todos são assim, os canais das mais diferentes religiões, regiões e formações.

 
Anúncios

Entregando a Vida

"Eu estou pronto para morer por meu time" disse um torçedor o Estrela Vermelha da Sérvia. Esporte Esptacular – TV Globo 21/02/10
Causa nobre, propósito válido…
Sem entender a vida, sem entender o caminho… e a verdade…
 
 

Em Busca da Prosperidade…

É incrível como nós simplesmente não entendemos…

 

Observamos, e até admiramos, as pessoas incríveis, que construíram algo real, algo eterno: vidas e liberdade e simplesmente não a entendemos.

Como William Wallace, Martin Luther King Jr, Confúcio, Jesus Cristo, Mahatma Ghandi, Madre Thereza, conhecemos o que eles fizeram suas lutas por seus objetivos que iam muito além deles mesmos, mas suas estórias são só um simples exemplo, muito distante. Preferimos que seja distante para que possamos cuidar de algo que é mais importante: nós mesmos.

Não acredito mais que todas as pessoas tem que fazer coias grandiosas, mas acredita sim que todos tem sua parcela de responsabilidade frente à humanidade, observando mais abrangentemente, ou frente ao país, estado cidade bairro e casa, olhando mais especificamente.

Afinal em nosso tempo o que poderia ser mais importante que nós mesmos?… Assim se vive hoje, lutando pelo "meu", é as causas nobres hoje são deixadas para os profissionais. Não é um grande exemplo e nosso tempo… os profissionais para boas causas?… Paguemos para que façam o bem por nós, afinal que tem tempo a perder?… É só dar um “dinheirinho” para uma ONG qualquer assim, eles que são profissionais ajude quem precisa, e ficamos com a consciência limpa, mais fácil dar dinheiro que amor.

É tão difícil assumimos responsabilidades além do "eu" e deixarmos de ser prioridade, termos outro ideal que não seja nós mesmos.

Devemos ter nossa entrega não monetária, nosso tempo, nossos talentos, nosso amor, por que com certeza temos muito mais a compartir o que imaginamos…

Quando Somos o Foco

Quando somos o foco nada mais interessa, principalmente o outro…

 

Bebemos e dirigimos

Jogamos papel na rua

Matamos em todos os sentidos e não nos importamos

Colocamos musica alta tarde da noite sem se importar se acordamos outras pessoas

Falamos mal de outras pessoas na rua, já que nunca estamos errados.

 

Quando só nos importamos com nós mesmos o bem comum não tem importância

Por isso se torna necessário à força maior, do estado, da lei

Não agimos por princípios, mas por medo.

 

Reclamamos de enchentes, mas jogamos lixo na rua,

Reclamamos dos radares na rua, mas não respeitamos os limites de velocidade,

Reclamamos dos impostos e do preço de tudo caro, mas sonegamos quando podemos,

Ou seja, reclamamos, mas não temos razão.

 

Limitamos-nos no "eu", no nosso egoísmo e no benefício próprio…

Precisávamos um pouco mais de suicídio…

Mais entega…

Menos eu… e mais outros…

Precisamos de mais "suicídio"

 

Mateus 22

34  Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
35  E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
36  Este é o primeiro e grande mandamento.
37  E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

 

Navegação de Posts