Wagner Pensa Hirata

Love and Bike Lifestyle

Arquivo para o mês “julho, 2010”

Verdadeiro Patriotismo

Priberam:
patriotismo
s. m.
1. Amor da pátria.
2. Pop. Seios de mulher.
 
O Estado de São Paulo:
SÃO PAULO – Sylvester Stallone divulgou uma mensagem pedindo desculpas ao Brasil. Leia a íntegra: "Peço desculpas sinceras ao povo do Brasil e ao escritório de "film comission". Toda minha experiência no Brasil foi fantástica e eu disse a todos os meus amigos que valia a pena filmar no País. Ontem, eu estava tentado fazer graça, mas meus comentários escaparam de uma maneira infeliz. Eu não tenho nada além de respeito pelo grande país que é o Brasil. Novamente, eu peço desculpas. Amor, Sly".

Dan Steinberg/AP

Sylvester Stallone, que escreveu, dirigiu e é o astro de ‘Os Mercenários’

Tudo começou nesta manhã, quando o protagonista de Rambo e Rocky, virou astro do Twitter no Brasil por suas declarações sobre o País na Comic-Con – 2010, a maior feira de histórias e quadrinhos do mundo, que ocorre anualmente em San Diego, nos EUA.

O astro de Os Mercenários, que participou da promoção do filme na feira, disse que adorou rodar sua produção no Rio de Janeiro, em 2009. O Brasil foi escolhido pela liberdade que a produção teria para gravar as sequências mais agressivas do filme, trabalhando com armas de fogo mais perigosas e destruindo propriedades e veículos, segundo publicou a revista Variety sobre as declarações do ator. "Você pode explodir o país inteiro e eles dizem, ‘obrigado e aqui está um macaco para você levar com você para casa’, disse Stallone

Stallone causou a revolta entre os internautas brasileiros que já lançam uma campanha no Twitter imitando a realizada contra Galvão Bueno durante a Copa: ‘cala a boca Sylvester Stallone’. E já começa também uma corrente de boicote ao filme Os Mercenários, escrito, dirigido e estrelado por Stallone, e com elenco de peso: Bruce Willis, Arnold Schwarzenegger, Jet Li, Dolph Lundgren e Jason Statham.

 

 

 

Leia alguns tweets

 

"É um ridículo. Podem falar o que for do Brasil, o que for mesmo, mas quem vem sempre quer voltar, não levando um macaco de volta" 

"Stallone fala sobre o Brasil: Lá vc pode atirar nas pessoas,explodir coisas e eles dizem obrigado. Boicote o filme #Mercenários!!"

 

Patriotismo parece ser um sentimento burro de amor, que se limita em cantar o Hino Nacional e elogiar o país. Patriotismo tem a ver com o amor verdadeiro em amar e quere melhor pelo seu país e não fechar os olhos e negar os seus defeitos. Vai dos simples atos de cidadania em não jogar papel na rua a votar conscientemente, sentindo a nossa terra como nossa casa, não apenas a porta do lugar onde moramos para dentro. Devemos nos importar o que acontece na nossa rua nosso bairro, cidade, estado e nação; não temos as mesmas possibilidades de agir tanto no global como no local, por isso que façamos algo.

O Stallone só explicitou o q ele sentiu ao interagir com os brasileiros, pois nós os idealizamos o que é comum não só no Brasil, mas em qualquer país subdesenvolvido, como acontece com o México, Filipinas, Peru, Bolívia, etc. como já é sabido. Os idealizamos por que eles são, para muitas pessoas, a oportunidade da vinda de divisas.

Isso é comum é humano, se envolver com alguém que tem mais, que pode mais, é a saída pelo atalho dada preguiça do ser humano. Como sonho de todo subdesenvolvido se relacionar com alguém desenvolvido, alguém pobre se casar com alguém rico.

 

Anúncios

Empresas da Morte

Ainda hoje…
uma empres ainda explorar seus funcionários… roubar seus clientes… trapaçear a concorrência… enganar seus fornecedores…
não sendo um erro, mas um caminho escolheido…
como podemos aceitar?… ou é apenas uma imagem muito bem feita?… uma imagem roubada ementirosa?…
ainda hoje…
 

Indefesos…

A quem recorrer?…
Chama-se a Policia e ninguem vem…
viver indefesos…
mãos amarradas, a merces dos covardes…
Assim sinto que a policia entrega a população… aos próprios cuidados…
 
Como eu queria ter o mesmo sentimento sobre os nosso protetores que eu tinha quando eu era menino…
Os nossos heróis…

O Caminho e a Verdade

So quero q ela descubra o Caminho…
Nem que seja no último dia…
 
Confúncio
Os Analectos
Livro IV – 8

Navegação de Posts