Wagner Pensa Hirata

Love and Bike Lifestyle

Arquivo para o mês “julho, 2011”

Sucesso…

Sucesso para muitas pessoas hoje é claramente sinônimo de se ter dinheiro, poder e fama; e vemos como as pessoas o perseguem com fervor… vemos: Abílio Diniz, Edir Macedo, Roberto Justus, Estevam Hernandes; pessoas que conquistaram muito, pessoas de “sucesso” que são exemplos para a maioria…
As vezes penso em outros exemplos que foram grandes homens de sucesso digo: Betinho, Nelson Mandela, uns mais antigos: Martin Luther King Jr., Ghandi, etc pode se dizer que nessa visão de sucesso eles não tiveram muito êxito, basta ver suas escolhas.
Ghandi trocou sua carreira no Direito pelo povo indiano; Mr. King trocou o púlpito, que pode ser muito lucrativo, pelo direito dos negros americanos… Quando eles fizeram as escolhas de suas vidas eles visavam suas carreiras, dinheiro, recompensa?… mas é assim que escolhemos nossos caminhos hoje….?
É triste o tipo de sucesso que queremos alcançar hoje… onde tudo é deixado para traz…

Quando só obedecemos…

As vezes a vida nos exige coisas que são dolorosas para algumas pessoas mas nem tanto para outras.
Li um livro sobre um espiao alemão que atuou durante a segunda guerra, sim ele era nazista, mas ele entrou no serviço secreto muito antes da alemanha se tornar nazista, seu nome era Canaris. Ele dedicou a vida a seu país, mas quando a Alemnha se tornou nazista ele lamentou.
Nunca havia pensado nesse ângulo: você dedica a vida a algo se entrega a ela mas derrepente tudo muda. Li em uma revista também outros homens: japoneses, alemães, russos, norte americanos, etc que desobedeceram seus governos e seus superiores para salvar vidas.
Penso como eh difícil para algumas pessoas seguir ordens quando elas são fortemnte ligadas a seus valores. Ao mesmo tempo imagino que eh muito fácil para outras pessoas seguir ordens, pessoas que valorizam a recompensa. Por isso devemos pensar bem a que devemos entregar nossa vida.
No mundo sem guerra posso concluir que devemos procurar, como proposito de  vida, carreiras, áreas de atuação, ou empresas que tenham valores e objetivos em comum.
Por que quando não eh assim cada atitude eh sofrida.
Se tomássemos esse cuidado liquidariamos com a maior parte da insatisfação nas empresas. Mas se as pessoas pudessem apenas deixar o salário em segundo lugar….

Guerras de Cobras…

Abilio Diniz vs Jean-Charles Naouri
Pão de Açúcar vs Casino… Simples guerras de cobras…
Hoje quando as organizações fazem tudo por dinheiro: abusam de seus funcionários, usam matéria prima ruim gerando produtos sem qualidade, “ajudam” o meio ambiente e eventos culturais só penando no retorno de imagem que isso pode ter; uma empresa afirma que teve a relação de boa fé violada…
Não sei quando houve boa fé nas negociações nas empresas…
Observemos negociações entre empresa e sindicatos, fornecedores e clientes… é nauseante…
Sei que prece estranho, por que as pessoas concordam com a lógica atual, mas é inaceitável que uma organização vise o simples lucro… ou lucro com a “consciência limpa” fazendo o minimo de beneficio a sociedade…

Navegação de Posts