Wagner Pensa Hirata

Love and Bike Lifestyle

Atendimento ao Público – Resposta a uma amiga sobre a dificuldade em algumas situações

Querida, você sabe que eu também trabalho com o público e sempre trabalhei. Esse trabalho requer muito de nós devido a alta exigência de nossa humanidade e muitas vezes não é fácil. É impossível termos respostas decoradas ou com soluções prontas para situações difíceis, agimos e sentimos de formas diferentes como pessoas diferentes que somos.

Por isso eu afirmo: ou se ama de trabalhar com o público e se vive feliz; ou se detesta trabalhar com o público, o que infelizmente é o que a maioria faz. Grande parte das pessoas faz isso principalmente por necessidade financeira por isso vê-se o atendimento de péssima qualidade em tantos lugares. Como Confúcio disse “Trabalhe com que ama e nunca terá que trabalhar na vida”.

A minha resposta para quando ocorrer essas situações. De conflito você deve imaginar, é bem simples: o bom e velho Amor.
Muitas pessoas que vivem na Terra, como já conversamos muito, vivem infelizes o que faz com que ajam com baixa autoestima é egoísmo. Essa infelicidade tem origem em diversos fatores internos e externos que as consequências podemos resumir em um problema: a falta de amor próprio.
Essas pessoas sofrem silenciosas, elas podem ser ricas, pobres, feias, bonitas, de todos os tipos. O que quero dizer é que essas pessoas que não se amam e por isso não conseguem amar, ou seja, o próximo ao invés de ser alguém a ser amado, um igual, é alguém que o ameaça e o atinge já que o amor é algo tão estranho a ela. São essas pessoas que vivem de cara fechada, de mal humor, como se não existisse sol a brilhar, como escrevi no texto Vivendo o Básico.

Voltando a sua pergunta, eu lhe explico que muitas pessoas que tem tanta insatisfação, raiva e ódio em si mesmas (baixa autoestima e egoismo) que elas querem jogar para fora de formas bem diferentes. Algumas das formas são perigosas como no trânsito dirigindo, e na rua as pessoas se tornam alvo fácil. Nós que trabalhamos atendendo o público estamos teoricamente disponíveis e prontos para ajudar em um ambiente de trabalho o que nos “fragiliza” pois esses clientes sabem que devemos agir de acordo com certas normas, o que eles teoricamente acham que estão livres. E assim, em alguns lugares mais frequentemente que outros, aparecem essas “bênçãos”.
E a resposta é simples mas desafiadora, porém muitas vezes não é fácil: perdoar. E para o desafio de perdoar devemos entende-los. Basta pensar que essas pessoas são nossos irmãos, pessoas que sofrem e não reconhece o básico da vida, não reconhece que são frutos de Amor da Vida, e assim vivem perdidos e muitas vezes agressivos.

Amar requer abnegação de nós, por isso quanto mais amor tivermos mais fácil será, quem opta por amar deve dar a mão não o contrário. Nosso coração tem que permanecer aberto sempre mesmo que isso represente riscos, tomemos o exemplo do maior de todos os homens. Eu sempre imagino um copo derramando amor, pois prefiro tentar derramar em alguém do que sugar amor de alguém, e sabemos que tantas pessoas sofrem e precisam de amor, mesmo que não admitam.

Nós vemos pessoas fisicamente deficientes e, normalmente (o que é natural), somos movidos de grande compaixão e necessidade de auxiliar, isso acontece por que a deficiência da pessoa é visível. Da mesma forma devemos entender e ajudar as pessoas que são deficientes no Amor, claro que é diferente pois é uma deficiência invisível e que muitas vezes essas pessoas tentam nos ferir. Mas diferente da outra deficiência essa é uma escolha e é muito mais grave pois leva a perdição e infelicidade.

Evidentemente que muitas vezes é difícil sim e todos passamos por situações extremas. Quando acontecer fique calma e saiba (tenha certeza) que esse irmão que te agride com palavras não briga com você mas com ele mesmo, por isso age assim. Pensando assim fica muito mais fácil. Depois relaxa e toma um copo de água.

Lembre-se: cada pessoa que passa por nossa vida é uma oportunidade para amar.

Anúncios

Navegação de Post Único

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: