58 a zero

Imagino como devem pensar: “ousados, como podem?”, como um Davi e suas pedras atacar o Golias, então Israel massacra.

Resultado: 58 mortos, e o pensamento “que lhes sirva de lição”. Mas eles não aprendem, eles não aceitam, protestam e lutam.

58 foram mortos, desarmados, atacando pedras. No mundo, a indiferença. Em 1976 no Levante de Soweto 22 estudantes foram assassinados, mas os fundamentalistas apoiam atitude que envergonharia qualquer religião que dissesse que tem algo a ver com Amor.

Covardes, covardes. Vejo neles a covardia do motorista que acelera sobre o pedestre fora da faixa. Vejo a covardia que assusta e agride ciclistas. “Eles tem que ser ounidos, eles tem que aprender” afinal “ousados, como podem?”. Como se o mundo ideal fosse resumido a brutalidade, a grosseria, força, a opressão, a infelicidade.

E o humano? o humano é fraco… fisicamente. Porém seu coração é indestrutível. E eles continuam, persistem, protestam e lutam…

 

#OptePeloAmor

 

Anúncios

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s