A Ordem e o Progresso que eu não quero

Alguém muito querido, apoia ouvir críticas a Bolsonaro, me diz “vamos ver os resultados daqui 4 anos”.

O que eu lhe disse: que adianta, mesmo que a economia melhore e diminua o desemprego, as pessoas trabalharem recebendo uma miséria sem nem poder comprar o pão (reformas trabalhistas e desvalorização do salário mínimo), os estudantes não poderem mais estudar (cobrança nas instituições públicas), não terem saúde (sucateamento e te tarifa de cobrança pelo SUS), aumento de mortalidade no trânsito (incentivo ao prazer de dirigir a custo de vidas), pais ser mais racista (fim de políticas de inclusão e agravamento do encarecimento em massa), agravamento da homofobia (desinsentivo a políticas de tolerância e diversidade, inclusive de saúde), aumento da opressão as mulheres (armamento da população, aumento do poder das igrejas), aumento de doenças psicológicas devido a falta de perspectiva quanto ao futuro (exclusão social, aposentadoria), e não menos importante, a imagem do Brasil no exterior nunca antes tão mal. Por isso eu disse que não há como pode ser bom o fim desses 4 anos.

Sucesso de uma sociedade calculada pelo aumento do PIB só demonstra o quanto os ricos estão ganhando e não necessariamente sua população.

Bom dia

#OptePeloAmor
#FakePresident

Anúncios

Comente:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s