Wagner Pensa Hirata

Love and Bike Lifestyle

Arquivo para a tag “liberdade”

​O teatro silenciado

Façam, criem, atuem
Reflia o que quero refletir

Pensem no que quero pensar

Critiquei a opinião que discordo
Política não pode

Desculpe, pode se for “razoável”

Fora Temer, jamais
Penso: por que vou ao teatro?

Dizem que abre a mente…

Só não disseram que pode incomodar
#OptePeloAmor

#OptePeloAmor

Optar pelo Amor é entender e perdoar as palavras que foram resultado de baixa autoestima e egoismo, ou de ignorância, cegueira, medo ou raiva.
É permitir e entender que o outro se seja e aja de acordo com sua maturidade e aprendizado não exigindo muito dele.
É desejar o melhor, a cura, a libertação, a evolução e se propor a ajudar é apoiar aquele que sofre e az sofrer agindo com desamor, e não desejar-lhe vingança ou um aprendizado sofrido e de dor.
É entender, ou querer entender, ou ainda optar por entender que entre duas interpretações de uma situação sempre levará em consideração a melhor das intensões do seu irmão.
É não dar uma resposta “merecida” sem compaixão, tolerância, empatia e entendimento do seu irmão, sabendo que seja o que for o que ele tenha dito isso não afeta a sua dignidade e honra fazendo que seja desnecessário a violência física ou verbal. Mas sempre uma resposta de Amor, edificante e cheia de compaixão que, se assim ou ouvinte permitir, levará ao início de despertar…
Optar por Amar é ter consciência que as atitudes de desAmor pode afetar seu corpo e seus ouvido mas jamais o que é quem você É…
Bom dia
#OptePeloAmor

Diferença Desumanizadora

Das Verdades da Vida

Sim temos nossas opiniões, e temos o direito de tê-las, mas é inegável dizer que quanto mais somos restritivos e seletivos quanto ao próximo por ser “diferente” ou “pensar diferente” menos somos evoluídos e maduros, mais longe estamos da Verdade.

Conheço pessoas que não gostam de homossexuais, outras de bisexuais, e outras até de heterossexuais. Conheço gente que não gosta de brancos, outros de pretos, uns não gostam de orientais e outros de índios.
Acreditar nessa diferenciação é um atraso humano; agir socialmente de forma diferenciada um atraso maior. Porém agir de forma violenta mostra o quão desumanos podermos ser e como o medo pode nos dominar. É claro que quem age violentamente age por medo e são pessoas presas.

Assim o humano deixa de ser Humano e de sua ação; a humanização. Aí se esquece do Amor, a Verdade, a Vida, a Liberdade.

Aos que que não agem assim cabe a esclarecer e a humanizar através do Amor, dentro do possível, mesmo que erramos no caminho. Esse é o nosso papel. Assim agia o grande e o perfeito exemplo.

Homem Livre

Um dia

Quem sabe eu seja um mendigo
Talvez assim eu possa dizer que vivo
Sem nada a ninguém dever
Pode crer

Sem horas para acordar
Sem contas a pagar
Viver realmente a vida
Como nunca vivida

Prefiro compartilhar
Do que com o material me preocupar
Se eu me preocupo no “ter”
Isso vai meu coração endurecer

Tranquilidade está tão longe de mim
Tenho preocupações sem fim
Não quero lamentar
Quero de tudo me livrar

Se quero ao amor me dedicar
Do material vou me despegar
Quero a liberdade
Por que tudo que me desvia vai contra a Verdade

Navegação de Posts