“Eu sei, mas não devia”

Marina Colasanti Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia. A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor. E, porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E, porque não olha para fora, logo se … Continue lendo “Eu sei, mas não devia”

Anúncios

Maturidade e Escolhas

Me recordo na minha infância, quando entendi a afirmação: "apenas Deus não nos decepciona". Pensei: meus pais vão me decepcionar? meus amigos? meus irmãos? meus filhos? Parecia cruel. Pessoas que nos amam, e as que não, gerarão tantos bons quanto maus sentimentos em nós. São as escolhas, as escolhas que fazem, que fazemos, geram essas … Continue lendo Maturidade e Escolhas

Crime de Chico

Chico Buarque é pego na rua. Ofensas e agressões verbais. Saibo da notícia me entristece me deprime. Atacam o homem que canta o povo, canta os que sofrem, canta a opressão. Meses, anos, depois o alívio vem com o questionamento: quem o agride e ataca? Não, não é o povo. São apenas os melhores previlegiados, … Continue lendo Crime de Chico

Apenas outros

Na imaturidade o outro é outro. Na maturidade o outro faz parte de mim. Porque: #AmorNãoÉSentimentoAmorÉEntendimento Temos corpos no chão e estão preocupados com o trânsito? Um relato de Gizele Martins, direto da Maré, no Rio de Janeiro por Jornalistas Livres7 fevereiro, 2018 Rio de Janeiro, 06 de fevereiro de 2018. Acordei às 6 da … Continue lendo Apenas outros

Amor, Liberdade e Solitude

" 'Deixem que haja espaços na união entre vocês...' Fiquem juntos, mas não tentem dominar, não tentem possuir e não destruam a individualidade do outro (...) Que tipo de amor é esse, que está sempre suspeitando, sempre com medo do ciúme? (...) as pessoas não estão cientes de que não sabem o que é amor. … Continue lendo Amor, Liberdade e Solitude

A atitude exemplar de Márcia Tiburi: deixemos os porcos chafurdarem sozinhos na lama

Ontem, depois da entrevista dos advogados de Lula em Porto Alegre, caminhava com Pedro Zambarda pela rua quando vi um homem aparentando 30 anos, com a camisa da CBF, vuvuzela em uma mão e bandeira do Brasil enrolada na outra. Ele andava de cabeça baixa, sozinho. Soube depois que, a algumas quadras dali, houve uma … Continue lendo A atitude exemplar de Márcia Tiburi: deixemos os porcos chafurdarem sozinhos na lama